Presidente do CSA vai defender em Brasília projeto clube-empresa

Rafael Tenório, presidente do CSA — Foto: Arte - GloboEsporte.com
Foto: GloboEsporte

Presidente do CSA, Rafael Tenório vai a Brasília no dia 9 de outubro para apresentar sugestões e participar de uma discussão sobre o projeto de lei clube-empresa. Ele defende a mudança e diz que há muito amadorismo no futebol brasileiro.

– Vamos falar também sobre legislação, direitos dos atletas… Nós vamos debater para ver se profissionaliza a gestão de clube de futebol. Não se pode estar brincando, como nós sabemos que a maioria brinca aí. Há quatro anos, estávamos completamente quebrados, falidos, com uma gestão. Os clubes precisam ser tratados como uma verdadeira empresa, já que são. Eles têm CNPJ para isso – comentou Tenório, que é suplente do senador Renan Calheiros.

A mudança para “clube-empresa” pode alterar o patamar de alguns times. Com essa modificação, o CSA, por exemplo, deixaria de ser uma agremiação sem fins lucrativos e poderia receber, inclusive, ações de investidores. Rafael disse já ter sido procurado por investidores da China e dos Estados Unidos.

Sobre o futuro do CSA, Rafael Tenório defendeu o planejamento. Contou que já existem projetos para o clube seja qual for a classificação na Série A, e o treinador Argel Fucks está em ambos.

Fonte: Globoesporte/AL