Brasil deslancha no 2º tempo e vence a Nova Zelândia na estreia do Mundial

Resultado de imagem para Brasil deslancha no 2º tempo e vence a Nova Zelândia na estreia do Mundial
JORNAL DE BRASÍLIA

Nervosa, a seleção brasileira fez um primeiro tempo ruim, mas deslanchou a partir do terceiro quarto e estreou com vitória por 102 a 94 sobre a Nova Zelândia no Mundial de Basquete, que está sendo realizado na China. Recuperado de uma lesão muscular na coxa, Alex foi fundamental para a mudança de postura do Brasil.

O ala de 39 anos, que, assim como Leandrinho e Varejão, disputa o seu quinto Mundial, anotou 14 pontos e quatro rebotes e comandou a vitória do time do técnico croata Aleksandar Petrovic na Youth Olympics Sports Park, em Nanjing.

Rafa Luz, com 15 pontos, seis assistências e quatro rebotes, e Leandrinho, cestinha e eleito o craque do confronto com 22 pontos, também foram decisivos para o triunfo brasileiro diante dos neozelandeses. Marquinhos contribuiu com 12 pontos e Cristiano Felício foi essencial no garrafão, pegando 13 rebotes. Pela Nova Zelândia, Cory Webster brilhou nas bolas de três e foi o principal pontuador: 19 pontos.

Depois de um primeiro tempo em que o nervosismo claramente atrapalhou, visto que o Brasil não encaixou seu jogo e deu espaço para Corey Webster e Rusbatch acertarem uma série de arremessos de três – a primeira etapa terminou em 50 a 50 – o time brasileiro decolou a partir da metade do terceiro período.

A Nova Zelândia chegou a abrir seis pontos de vantagem no começo do terceiro quarto, mas o Brasil reagiu rapidamente com a entrada de Alex e acertou em quadra. A marcação passou a funcionar melhor e a seleção brasileira retomou a liderança com uma bola de três de Marquinhos. Leandrinho também apareceu bem e ajudou a equipe a colocar uma diferença de pontos considerável no placar. Nos dez minutos finais, a seleção se manteve agressiva e sustentou a vantagem para estrear com vitória na China.

“Foi um jogo difícil. No segundo tempo, nosso treinador fez um bom trabalho, colocando Alex Garcia. Ele mudou completamente o jogo para nós. É também é uma honra estar aqui. Algumas pessoas dizem que eu sou velho. É claro que não sou tão rápido quanto era há alguns anos, mas não acho que sou velho”, disse Leandrinho após a partida.

“Chegamos a este jogo com algumas dúvidas e sofremos muito nos primeiros minutos por causa da forma como eles estavam se recuperando. Eles fizeram algumas bolas de três nos primeiros dez minutos, mas no final, Alex, que teve alguns dias de folga devido a um problema muscular, foi o cara que mudou o jogo para nós. Ele trouxe fogo para a nossa equipe”, analisou o técnico Aleksandar Petrovic.

O Brasil retorna à quadra nesta terça-feira, às 9 horas (de Brasília). O adversário na segunda rodada da primeira fase será a Grécia, de Giannis Antetokounmpo, astro da NBA. O jogo deve ser decisivo para as pretensões brasileiras no torneio. Os gregos ainda fazem seu primeiro jogo neste domingo, diante de Montenegro.

Neste ano, o Mundial ganha ainda mais importância pois classifica sete países para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Para conseguir um lugar na Olimpíada do próximo ano, o Brasil precisa terminar o torneio entre os dois melhores times das América. Argentina, Canadá, Estados Unidos, Porto Rico, República Dominicana e Venezuela são os concorrentes.

OUTROS JOGOS – Nos outros três duelos da primeira rodada já encerrados neste domingo, a Austrália superou o Canadá por 108 a 92, a Turquia derrotou o Japão por 86 a 67 e a República Dominicana despachou a Jordânia por 80 a 76. Ainda haverá quatro partidas que fecharão a rodada de abertura neste domingo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estadão Conteúdo