Dentre os desfalques que o Vasco teve nos últimos tempos, um foi especialmente lamentado: Rossi, que esteve suspenso e, logo em seguida, precisou ser submetido a cirurgia por conta de uma crise de apendicite. Mais de um mês após o último jogo, o atacante tem tudo para estar no banco de reservas contra o São Paulo. E quem entrar em campo que se vire para justificar a permanência. O atacante, quando estiver 100%, é natural titular.

A partida contra o Tricolor Paulista, que terá transmissão em tempo real do site do LANCE!, começa às 16 horas, com o Tricolor Paulista lutando pela liderança do Campeonato Brasileiro e o mandante tentando se afastar mais da zona de rebaixamento. Será a sexta partida sem Rossi. Nas cinco anteriores, o Cruz-Maltino obteve duas vitórias, empatou outras duas vezes e perdeu o último jogo. Houve surpresas positivas e negativas no período, mas o técnico Vanderlei Luxemburgo pede apoio ao elenco.

– É um processo, do qual eu estou participando, de crescimento. É muito gratificante doar o melhor de mim. Na minha rede (os torcedores) têm pedido uma escalação. Vou falar uma realidade: não podemos contratar. está impossível contratar. o elenco é esse que nós temos. Não adianta execrar porque daqui a pouco não teremos quem jogar. O importante é abraçar, saber a nossa competição e o que temos que fazer. Não consigo botar todos da base porque não vão render o que esperam. Uma coisa é um ou outro – explicou Luxa à Vasco TV.

– A torcida é muito importante para a gente, em todos os jogos. Sabemos a força e a importância que tem São Januário para nós no Campeonato Brasileiro. Todos sabemos que a torcida faz a diferença, então é juntar nossas forças para fazermos um ótimo jogo – afirmou Marrony ao site oficial do clube.