PSG e Barcelona se reuniram, na última terça-feira, mas não chegaram a um acordo em relação a transferência de Neymar. Segundo o jornal francês ‘L’Équipe’, o clube parisiense informou que aceita liberar o atacante por, no mínimo, 100 milhões de euros (R$ 452 milhões) mais dois jogadores do Barça.

NOVOS INVESTIMENTOS

Ainda de acordo com a publicação, o valor que o PSG receberia pelo atacante da Seleção Brasileira serviria para investir em novas contratações e para fechar o elenco. O principal foco seria no futebol italiano, com as contratações do goleiro Donnarumma (Milan) e Dybala (Juventus).


MOEDA DE TROCA

Em relação aos jogadores do Barcelona que seriam envolvidos na negociação, o PSG quer escolher a dedo. Os favoritos são Philippe Coutinho, o lateral Nelson Semedo (que já teve problemas com Neymar) e o atacante Ousmane Dembélé. Rakitic estaria descartado, pois os parisienses já reforçaram, devidamente, o meio de campo, com Gueye e Ander Herrera.

NEGOCIAÇÃO SEGUE EMPERRADA

O Barcelona, por sua vez, ainda não tem condições de pagar o que pede o PSG. O clube passa por dificuldades financeiras, após gastar muito dinheiro com novas contratações. Ao todo, o Barça gastou 255 milhões de euros (R$ 1 bi) nesta janela e trouxe nomes como Antoine Griezmann e Frenkie De Jong.