A situação financeira de Emerson Fittipaldi continua delicada, mas o bicampeão da Fórmula 1 conseguiu um alívio nas finanças. Segundo apuração do UOL, via Notícias da TV, o ex-piloto aluga a parte de baixo da mansão onde funciona o escritório de sua empresa, localizada em Pinheiros, São Paulo.

Ainda segundo o portal do UOl, o imóvel foi posto para venda e avaliado em R$ 12 milhões. A mansão, de dois andares e com 1,3 mil m² de área construída, pertence a Emerson desde 1990, quando o escritório que administra os negócios se estabeleceu no local.

A apuração ainda verificou que parte do imóvel está alugado desde janeiro por um escritório de advocacia, enquanto a parte de cima mantém a sede da empresa de Emerson.

O espaço chegou a receber, em 2016, o Museu Fittipaldi, com carros e pertences da história do ex-piloto nas pistas. Contudo, a visitação ao local segue desativada.

Localizado na avenida Rebouças, próxima ao Shopping Eldorado, o terreno inteiro é de 1,1 mil m² e foi listado para venda. Embora esteja alugado e ativo, o imóvel continua à venda na internet.

Vale lembrar que Fittipaldi carrega uma dívida bancária que já soma mais de R$ 23 milhões e é réu em 20 ações na justiça por empréstimos não pagos. Com as correções e multas, a quantia pode ser ainda maior.