A confirmação oficial de Vitor Hugo como jogador do Palmeiras é questão de tempo. O zagueiro já deixou a concentração da Fiorentina, que realiza pré-temporada nos Estados Unidos, e aguarda apenas as últimas definições de detalhes do seu retorno ao clube em que foi campeão brasileiro em 2016 e da Copa do Brasil de 2015, ambas como titular.

O zagueiro foi flagrado por torcedores da Fiorentina saindo do hotel que abriga a delegação do clube. Cumprimentou também fãs da equipe italiana e agradeceu pelos dois anos que passou defendendo o time. Sua volta ao Verdão já estava costurada desde a semana passada e a tendência é de que se confirme oficialmente nas próximas horas.

Na semana passada, o Verdão ofereceu 5,5 milhões de euros (cerca de R$ 23 milhões) pelo jogador, que topou um contrato de longa duração (provavelmente, cinco anos). A Fiorentina irá liberá-lo por um valor abaixo dos 8 milhões de euros (R$ 30 milhões) que pagou em 2017 porque iniciou uma reformulação: desde junho, o clube tem novo dono (o bilionário Rocco Commisso), que deseja mudanças depois de correr risco de rebaixamento.

Neste cenário, o Palmeiras viu a oportunidade de repatriar um jogador identificado, campeão da Copa do Brasil de 2015 e do Brasileiro de 2016. A diretoria seguiu acompanhando a trajetória de Vitor Hugo na Itália, e intensificou conversas ao saber que a Fiorentina estava disposta a negociá-lo – Besiktas (TUR), Fenerbahce (TUR) e Leganés (ESP) foram equipes que buscaram informações sobre o defensor.

A relação com o Palmeiras foi o que pesou para Vitor escolher retornar ao Brasil depois de duas temporadas em vez de permanecer na Europa. Ele fez 131 jogos, 13 gols e conquistou dois títulos pelo Verdão: a Copa do Brasil de 2015 e o Campeonato Brasileiro de 2016.

No ano passado, ele aproveitou as férias na Fiorentina para visitar a Academia de Futebol e rever companheiros. Vitor Hugo será o quinto zagueiro no elenco de Luiz Felipe Scolari: Gustavo Gómez, Luan, Antônio Carlos e Edu Dracena são os outros defensores.