Furacão quer a primeira vitória como visitante diante do CSA

Athletico poupou titulares da viagem para Maceió (Miguel Locatelli/CAP)

 

 

Embalado pela classificação heroica diante do Flamengo, pela Copa do Brasil, o Athletico Paranaense muda a chave pra o Campeonato Brasileiro, onde tentará sua primeira vitoria fora de casa no ano diante do CSA, neste sábado, às 19 horas (de Brasília), no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Com jogo decisivo pela Libertadores no meio de semana, o Rubro-Negro vai com uma equipe alternativa a campo.

O Brasileirão não é prioridade neste momento para o Furacão, que deve ter apenas um titular em campo, o volante Wellington, que está suspenso para o jogo contra o Boca Juniors, na próxima quarta-feira. Já o lateral-esquerdo Márcio Azevedo e o atacante Rony cumprem suspensão automática. É a oportunidade para atletas como Abner e Vitinho, que buscam espaço, além do zagueiro Pedro Henrique, que não pode jogar contra o Flamengo, começarem jogando.

O jejum como visitante é claro que incomoda o técnico Tiago Nunes, mas ele garante que a dificuldade não é exclusiva da equipe athleticana e, mesmo com um time reserva, promete o mesmo espírito mostrado nas quartas de final da Copa do Brasil. “Essa questão não é uma prática do Athletico. Muitos times não conseguem vencer fora ou tem dificuldades. Mas, vamos a Maceió tentar vencer como a gente veio ao Maracanã para vencer”, avaliou.

O CSA vem de uma boa apresentação diante do Corinthians que, no entanto, terminou mais uma vez em derrota, voltando a complicar a situação do time na classificação. O foco agora é construir uma base, com mexidas pontuais, apostando no entrosamento. O técnico Argel Fucks tem pelo menos uma dúvida, já que durante a semana testou Victor Paraíba no lugar do argentino Jonatan Gómez.

FICHA TÉCNICA
CSA X ATHLETICO

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 20 de Julho de 2019, sábado
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Árbitro de Vídeo: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistente de Árbitro de Vídeo: Rodrigo Batista Raposo (DF) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

CSA: Jordi; Apodi, Alan Costa, Castán e Rafinha; Dawhan, Jean Cléber e Victor Paraíba; Cassiano, Ricardo Bueno e Alecsandro
Técnico: Argel Fucks

ATHLETICO: Caio; Madson, Robson Bambu, Pedro Henrique e Abner; Wellington, Matheus Rosseto (Erick) e Bruno Nazário; Vitinho, Thonny Anderson e Braian Romero
Técnico: Tiago Nunes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes – Curitiba , PR

FONTE – GAZETA ESPORTIVA