Presidente do ASA descarta junção com Jorge Gonzaga, do Jaciobá

Resultado de imagem para moises machado
Presidente executivo do ASA, vereador Moisés Machado

 

Procurado por um grupo de torcedores apelando para que assumisse do ASA, o presidente do Jaciobá, Jorge Gonzaga, declarou que aceitaria tal façanha, mas sua intenção não foi aceita pela atual diretoria do alvinegro.

 

Em entrevista, o atual presidente executivo do time arapiraquense, Moisés Machado, afirmou que a direção vai continuar trabalhando para reerguer o clube para 2020.

 

“ No momento nós temos que trabalhar forte para pagarmos o que estamos devendo aos fornecedores e depois vamos fazer o planejamento e os contatos com os jogadores, comissão técnica e outros profissionais. De ajuda nós estamos precisando, mas de junção, no momento, não. Já conversei com ele (Jorge Gonzaga). Não sei porque alguns torcedores estão insistindo nesta questão. Nós temos uma diretoria e não estamos parados”, afirmou o presidente.

 

Moises Machado disse ainda que não partiu nenhum convite da diretoria para o dirigente do Jaciobá. Os torcedores que fizeram o convite a ele para participar de algumas discussões.

 

Usando as redes sociais, Jorge Gonzaga declarou interesse em assumir o Gigante Arapiraquense.

 

“Vou participar de uma reunião com os torcedores porque eles me convidaram. Vou participar com eles porque nós precisamos ajudar esse ASA. Do jeito que está não pode ficar. Não sei como está o ASA por dentro, mas se quiserem eu assumo o time por dois, três, cinco, dez anos…assim queiram “, declarou.

Na próxima segunda-feira (22), acontecerá no auditório da CDL, uma reunião extraordinária do Conselho Deliberativo com a presença da diretoria executiva e com os torcedores para prestação de contas do alvinegro.