Através de muitos intermediários, o Barcelona tenta lidar com a complicadíssima transferência de Neymar. Segundo o jornal espanhol ‘As’, o Barça oferece 40 milhões de euros (R$ 168,5 milhões) mais Philippe Coutinho e Ousmane Dembélé para tentar convencer o PSG de aceitar liberar o atacante da Seleção Brasileira.

REAÇÃO

Ainda de acordo com a publicação, a oferta do Barcelona não agrada o PSG e o presidente do clube, Al Khelaifi, achou “a oferta ridícula”. Neymar já comunicou ao clube parisiense, em uma reunião com Leonardo, diretor de futebol, que quer deixar a equipe.


VALORES

A chegada de Griezmann teve um impacto financeiro nas finanças do clube catalão. O PSG quer “pagar” o que gastou com Neymar, em 2017. Os parisienses tiraram o atacante do Barcelona por 222 milhões de euros (R$ 811 milhões, de acordo com a cotação da época). O clube parisiense quer algo que chegue a esse valor. A imprensa espanhola acredita que o PSG quer 300 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão), valor que o Barça trata como impossível de ser efetuado.

SALÁRIO ALTO

Além do valor da transferência, o Barcelona ainda teria que arcar com o salário de Neymar, que supera 36 milhões de euros (R$ 152 milhões) na França. O ‘As’ aponta que a “operação hoje é impossível em termos econômicos”.

OFERTA COBRE VALOR PAGO POR NEYMAR

Internamente, o Barcelona acredita que vai conseguir trazer Neymar. Segundo o site ‘Transfermarkt’, Coutinho é avaliado em 90 milhões de euros (R$ 379 milhões), enquanto Dembélé é avaliado em 100 milhões de euros (R$ 421 milhões). Somando esses valores aos 40 milhões de euros (R$ 168,5 milhões) dá um total de 230 milhões de euros (R$ 969 milhões), valor acima do que o PSG pagou por Neymar.