Peru também tem problemas médicos para final contra o Brasil

Edison Flores virou dúvida na seleção do Peru contra o Brasil
Edison Flores virou dúvida na seleção do Peru contra o Brasil Foto: AMANDA PEROBELLI / REUTERS

Assim como a seleção brasileira, o Peru também tem problemas médicos para a final da Copa América. O meia-atacante Edison Flores teve constatada uma lesão no tornozelo direito e é dúvida para a partida de domingo, às 17h (de Brasília), no Maracanã.

Depois do treino fechado para imprensa na manhã desta sexta-feira, no CT do Fluminense, na Barra da Tijuca, o Peru treinou jogadas de ataque sem o meia, que fez atividades à parte. Com a participação dos laterais e de paolo Guerrero fazendo o preparo inicial das jogadas e entrando na área para concluir em gol. Segundo a imprensa peruana, ele vai se recuperar a tempo e enfrentar o Brasil

Flores, que atua pelo Aalborg, da Dinamarca, tem substitído o ídolo Farfán, cortado por lesão no joelho, deixou o hotel e realizou exames ainda em Porto Alegre na última quinta-feira. Uma ressonância magnética detectou que o problema não é simples, mas a ideia é tentar recuperar o jogador.

Em lance no início do segundo tempo contra o Chile, Flores, que marcou o primeiro gol da vitória por 3 a 0, foi ao chão com dores após uma torção no tornozelo. Ele acabou substituído por Cristofer González, do Colo-Colo, que pode ser a novidade contra o Brasil.

Edison Flores, conhecido como Orelha, já marcou dois gols na competição e é arma nos contra-ataques peruanos ao lado de Cueva e Guerrero. Após a partida contra o Chile, ele Flores demonstrou otimismo para estar na decisão, mas será necessária observar a recuperação até o dia do jogo.

O atacante Andre Carillo, do Benfica, também realizou exames para verificar uma lesão muscular após entrar bem na vitória sobre o Chile. Em princípio não preocupa mas deve ter a carga de treinos diminuída até a decisão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Diogo Dantas

 

EXTRA.GLOBO