Zagueiro Marquinhos, com virose, preocupa o Brasil para final da Copa América

Marquinhos é substituído por Miranda no jogo da seleção
Marquinhos é substituído por Miranda no jogo da seleção Foto: PILAR OLIVARES / REUTERS

Depois de Richarlison, que desfalcou o Brasil por causa de uma caxumba, agora é a vez de Marquinhos preocupar a seleção por um motivo médico inusitado. O zagueiro deixou a partida contra a Argentina no segundo tempo com sintomas de virose. Desafio é se recuperar a tempo da decisão da Copa América, domingo, no Maracanã.

O técnico Tite, depois da entrevista coletiva no Mineirão, mostrou-se ressabiado quanto ao problema. Inicialmente a comissão técnica descarta o risco de Richarlison ter contagiado Marquinhos com caxumba. O zagueiro Miranda, que entrou no lugar do titular, comentou o desfalque de última hora.

– Ele teve um mal estar. Por isso, pediu para sair. Esperamos que ele possa se recuperar o quanto antes. É um grande jogador, um grande talento. Quem está fora quer entrar, mas não gostamos de entrar quando um companheiro está mal – afirmou.

Willian também preocupa a seleção brasileira e pode ser um desfalque considerável. Ele sentiu o músculo posterior da coxa direita durante a partida, mas seguiu em campo, já que o Brasil já havia feito as três substituições. O jogador será reavaliado pelo departamento médico na quarta-feira. Apesar de reserva, Willian tem tido sua importância para Tite. Ele é o reserva que mais entrou – jogou contra Bolívia, Peru, Paraguai e Argentina.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bruno Marinho e Igor Siqueira

 

EXTRA.GLOBO