Técnico do CSA fala sobre a escola gaúcha e destaca Luiz Felipe Scolari

Argel Fucks nasceu em Santa Rosa, interior do Rio Grande do Sul — Foto: Matheus Pimenta/ASCOM CSA
Foto: Matheus Pimenta/ Assessoria -CSA 

Argel Fucks tem uma inspiração no CSA. Nesta terça, na chegada do técnico a Alagoas, ele lembrou o trabalho que fez na década passada com um gauchão de bigode, campeão do mundo, muito identificado com o clube.

Elogiou o conterrâneo Luiz Felipe Scolari,destacou seu modelo de jogo, e disse que espera também fazer sucesso no Mutange.

– A gente vem de uma geração, de uma linha de trabalho muito parecida com a do Felipão. Ele foi meu treinador no Palmeiras, em 2000. Já sabia da história do Felipão aqui. Alavancou a carreira no CSA. Fico contente – comentou Argel, de 44 anos.

Felipão encerrou a carreira de jogador profissional no CSA e, em janeiro de 1982, assumiu o time justamente no Brasileiro da Série A. Tinha apenas 33 anos.

Argel faz parte dessa escola gaúcha, mas a base dele é diferente. Começou no Inter, foi capitão e também virou treinador no Beira-Rio. Felipão, de 70 anos, se destacou no outro lado do Gre-Nal, ganhando projeção no Grêmio.

Argel cultiva agora uma barba e nasceu em Santa Rosa, no interior do Rio Grande do Sul. Luiz Felipe é de Passo Fundo e mantém o bigodão do início da carreira.

Quero ficar

Argel começou o trabalho no clube nesta terça e disse ainda que pensa em criar raízes no CSA. Tudo vai depender da campanha que fizer no Brasileirão. O time volta a campo pela Série A no dia 14 de julho, fora de casa, contra o Corinthians.

– A gente quer vir aqui e fazer um bom trabalho. Quem sabe permanecer pro ano que vem. Meu compromisso é até o final do ano. Sempre digo que o clube que eu trabalho tem a prioridade de continuar (renovar).

Fonte: Globoesporte/AL