Sport vence amistoso contra CSA por 3 a 1 na Ilha do Retiro

Sport x CSA amistoso
Sport x CSA amistoso (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

A oito dias do retorno à Série B, fora de casa contra o São Bento, o Sport voltou a campo para o primeiro dos dois amistosos marcados contra o CSA. E sem maiores dificuldades os rubro-negros venceram por 3 a 1, com dois gols marcados no segundo tempo, quando o técnico Guto Ferreira colocou em campo a equipe “reserva” (no primeiro tempo, com os titulares, as duas equipes empataram por 1 a 1).

Partida que serviu, até por isso, para uma série de observações do comandante rubro-negro. O treinador terá uma nova oportunidade de fazer mais algumas anotações na próxima quarta-feira, contra o próprio CSA, no estádio Rei Pelé, em Maceió, no jogo de volta da chamada “Taça dos Campeões”.  Para ficar com o troféu, o Sport pode até perder por um gol de diferença.

O jogo
No primeiro tempo, utilizando a base que vem jogando na Série B, o Sport não demorou a abrir o placar. Logo aos dois minutos, após ótima assistência de Sammir, Ezequiel recebeu dentro da área para tocar na saída do goleiro Jordi. Porém, como é de costume em partidas amistosas, o gol logo no ínicio não serviu para “colocar fogo” na partida. Com os dois times se poupando em campo. Mas com o Leão levemente melhor.

O CSA só entrou na partida após a parada técnica para recuperação dos jogadores, aos 26 minutos, por conta do forte calor no estádio rubro-negro. Com o amistoso reiniciado, a equipe alagoana, vice-lanterna da Série A, conseguiu o empate com um golaço do atacante Robinho, que mandou uma bomba de fora da área.

No retorno para o segundo tempo, como já havia sido programado com antecedência, o técnico Guto Ferreira trocou todos os jogadores de linha do Sport, mantendo apenas o goleiro Mailson na equipe. E com os reservas querendo mostrar serviço, entre eles o meia Alison e o atacante Yan, que pela primeira vez atuaram pelo Leão.

E foi do avançado, que pertence ao Palmeiras e estava emprestado ao Estoril, da segunda divisão de Portugal, que deixou o rubro-negro novamente na frente, após receber assistência de Leandrinho. O jogador deixou uma boa impressão na estreia. A partir daí foi a vez do técnico do CSA, Marcelo Cabo, começar a trocar todos os seus jogadores.

Mas o Sport seguia melhor e ampliou aos 26 minutos com o zagueiro Cleberson, de cabeça. Dez minutos depois, o zagueiro Ronaldo Alves (ex-Náutico e Sport) salvou o time alagoano de sofrer mais um ao salvar em cima da linha, após belo toque de cobertura de Juninho. Vitória rubro-negra por 3 a 1. Placar que pelo volume do segundo tempo saiu até barato para os alagoanos.

 

Ficha do jogo

Sport 3
Mailson; Norberto (Raul Prata), Rafael Thyere (Cleberson), Adryelson (Eder) e Sander (Guilherme Lazaroni); Charles (Ronaldo), João Igor (Alison) e Sammir (Leandrinho); Guilherme (Juninho), Hernane (Élton) e Ezequiel (Yan). Técnico: Guto Ferreira.

CSA 1
Jordi; Celsinho (Joelson), Leandro Souza (Gérson), Luciano Castan (Ronaldo Alves) e Carlinhos (Rafinha); Jonatan Gómez (Didira), Naldo (Dawhan) e Benítez (Madson); Apodi (Victor Paraíba), Ricardo Bueno (Cassiano) e Robinho (Rodolfo Gamarra). Técnico: Marcelo Cabo.

Local: Ilha do Retiro

Árbitro: Rodrigo José Pereira
Assistentes: Dhiego Cavalcanti Pereira e Ricardo Jorge Nunes.

Gols: Ezequiel, aos 2 min e Robinho, aos 32 min do 1º tempo; Yan, aos 10 min, e Cleberson do 2º tempo.

Cartões amarelos: Alison (SP), Apodi (C )

Público: 4.911
Renda: R$ 31.890

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redação Superesportes /Diario de Pernambuco