Blindado, de 29 anos, não revelou a substância proibida que apareceu no teste. A Usada tem como padrão não especificar a droga encontrada até a conclusão de sua investigação, a menos que o atleta a divulgue primeiro.

Sem o brasileiro, Winn vai agora enfrentar Eric Spicely em duelo dos EUA neste sábado, na Carolina do Sul. Blindado (19-6) vem de uma série de quatro vitórias seguidas e competiu pela última vez no M-1 Challenge, na Rússia, em novembro de 2018, quando derrotou o russo Artem Frolov e conquistou o título do peso-médio.