No retorno ao CRB, Willians Santana fala sobre o motivo de não ter renovado no fim de 2018

Destaque em 2018, Willians Santana está de volta ao CRB — Foto: Maxwell Oliveira/Ascom CRB
Destaque em 2018, Willians Santana está de volta ao CRB — Foto: Maxwell Oliveira/Ascom CRB

Anunciado no último sábado, o atacante Willians Santana foi apresentado oficialmente pelo CRB na tarde desta quarta-feira. Na coletiva, ele falou sobre o retorno ao clube, a meta nesta temporada e elogiou o técnico Marcelo Chamusca. Fez também uma avaliação do nível da Série B.

Perguntado por que não renovou o contrato com o CRB para 2019, ele não fugiu da dividida. Ano passado, o atacante foi o artilheiro do Galo na temporada.

“Eu recebi uma proposta muito boa, tenho filha, tenho família, conversei e achei melhor ir porque é oportunidade na nossa vida. Acabei não renovando [com o CRB], agradeço pela oportunidade de estar voltando e é trabalhar firme porque sei da cobrança que é aqui no clube para que esse ano possamos colocar o CRB na Série A, que é o objetivo de todo mundo”.

Santana falou também sobre a parte física e comemorou a parada da competição nacional para conhecer melhor os companheiros.

Willians Santana:Tô me sentindo bem, acho que fiquei cerca de 15 dias parado depois que voltei do Catar, mas estou me sentindo bem no treinamento, até me surpreendi um pouquinho, mas ainda bem que teve essa parada aí que dá para trabalhar e conhecer mais os companheiros para ficar apto para o jogo e fazer uma boa partida para ajudar aos companheiros e ao CRB.

Propostas de outros clubes

Willians Santana:  Tive outras equipes interessadas: Cuiabá, Operário, Vila Nova, Figueirense… Até o Cuiabá fez uma proposta melhor do que a do CRB, mas eu já tinha dado a palavra aqui e eu falei que não ia colocar a cabeça no travesseiro e conseguir dormir em paz. Então, eu estou feliz, quando falei a minha filha que estava para voltar pra cá, ela chorou muito, ficou feliz porque gosta e tem amigos aqui.

Análise da Série B de 2018

Willians Santana: Não tivemos um início de campeonato bom, principalmente em casa, por isso que no final nós pagamos de sempre estar na zona de rebaixamento. Esse ano aqui acompanhei alguns jogos, a equipe está com 10 pontos, a cinco do G-4, começou bem melhor e como eu falei: venho para ajudar no que for preciso, trabalhar para buscar o meu espaço para poder ajudar ao CRB e, com fé em Deus, no final do ano, com o apoio do nosso torcedor, a gente colocar esse clube na Série A porque o CRB merece.

Contato com o técnico Marcelo Chamusca

Willians Santana:Ele teve uma conversa hoje cedo comigo, perguntou sobre alguns jogos que ele já tinha me observado, perguntou como eu gosto de atuar e eu disse a ele que estou para ajudar, venho aqui para conhecer o grupo, dar o meu melhor. No ano passado, eu joguei por lado, joguei por dentro, … Procurei informações sobre o professor e ele é um cara muito correto, pessoa do bem e temos tudo para ter um ano maravilhoso.

Balanço da Série B deste ano

Willians Santana: Teve uma época que nós ficamos sem treinar e, como são seis horas na frente lá, eu ficava até duas, três horas da manhã assistindo jogos, até mesmo do CRB, e o campeonato está muito nivelado. Acho que só o Bragantino distanciou ali um pouquinho, tem uma grande equipe também, mas do segundo colocado e as outras equipes estão muito próximos, mas é aquilo.

Fonte: Globoesporte