Assim como o Vasco, Vanderlei Luxemburgo e Maxi López tem a missão de dar a volta por cima em 2019. Enquanto o treinador quer reencontrar os bons momentos no futebol, o atacante busca voltar a ser decisivo no time vascaíno. Adversários quanto estiveram Espanha, hoje os dois se ajudam para tirar o time da crise e, de acordo com o clima das atividades do técnico no Cruz-Maltino, os dois estão no “mesmo caminho”.

A primeira semana de treinos no CT do Almirante de Maxi e Luxa foi bem positiva. Com bom diálogo entre os dois e entendimento mútuo, o treinador passou confiança ao camisa 11 no início do trabalho e buscou aproximação para que passem a falar a mesma língua. Na última quarta-feira, por exemplo, o treinador dedicou um momento da atividade do elenco ao argentino, com instruções de movimentação e finalizações. Por enquanto, a forma física de Maxi López não é algo que pode tirá-lo do time titular.

O argentino, por sua vez, gostou da atitude do novo treinador do Vasco. A aproximação de Vanderlei Luxemburgo, que indica que Máxi López e Leandro Castan serão os líderes do novo time do Cruz-Maltino, foi positiva para o atleta. Os primeiros passos da dupla em São Januário, portanto, foi positiva.

Maxi não vive um bom início de temporada e tenta recuperar as boas atuações de 2018. Apesar da relação com Alberto Valentim não ser tão ruim, o atacante passou por lesões e problemas pessoais, além de estar acima do peso. Em 2019, são 18 partidas, sendo 13 como titular, e quatro gols marcados. Maxi engatou uma sequência de jogos como titular depois que Marcos Valadares assumiu o time e a expectativa é que a forma do ano passado retorne.

O sucesso do casamento pode até ajudar o Vasco a renovar o contrato com Maxi. Clube e jogador vinham conversando sobre a extensão do vínculo, mas as tratativas estagnaram. O camisa 11 ficou insatisfeito com o vazamento de notícias os dois não chegaram a acordos com relação ao reajuste salarial.

Vanderlei Luxemburgo e Maxi López já se enfrentaram no Santiago Bernabéu, em 2005, quando o treinador estava no comando do Real Madrid e o jogador atuava com a camisa do Barcelona. Agora, os dois trabalham lado a lado para ajudar o Vasco.