Bruna Honório é afastada da seleção de vôlei por tumor no coração

Bruna Honório é afastada da seleção de vôlei por tumor no coração
 Reprodução

 

Bruna Honório, destaque do Minas na temporada da Superliga, está fora da seleção feminina de vôlei. Um tumor no átrio do coração impedirá a jogadora de defender a equipe de José Roberto Guimarães neste ano, o último antes da definição do grupo que vai tentar a terceira medalha de ouro olímpica nos Jogos de Tóquio.

A atleta passará por exames na próxima segunda-feira (13), a fim de definir os próximos passos da carreira. A CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) confirmou o corte à reportagem, enquanto o Minas admitiu que a oposta vai realizar novas provas médicas no início da próxima semana.

Bruna Honório deixa a seleção em um dos melhores momentos da carreira. A oposta conquistou quatro títulos com o Minas (Mineiro, Superliga, Copa do Brasil e Sul-Americano) e assumiu papel de destaque na equipe. Ela renovou recentemente o contrato com o clube.

A saída de Bruna Honório é a oitava do grupo planejado para disputar o calendário de 2019. De princípio, Adenízia e Thaísa pediram dispensa. A dupla foi seguida por Camila Brait, Gabi Cândido, Tassia, Drussyla e Dani Lins, que também não defenderão a seleção.Nesta temporada, a equipe comandada por José Roberto Guimarães tem quatro compromissos: Liga das Nações, Campeonato Sul-Americano, Pré-Olímpico e Copa do Mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

POR NOTÍCIAS AO MINUTO