Roberto Fernandes esclarece saída do CRB e deseja sorte a Chamusca

FONTE – FUTEBOL BAHIANO

O técnico Roberto Fernandes divulgou uma nota de esclarecimento na noite deste domingo explicando a saída do CRB. Segundo ele, após o jogo contra o Santa Cruz, o presidente do clube alagoano o responsabilizou pela eliminação e disse que faltou comando da parte dele junto à equipe. Ao informar que não seguiria mais no comando do CRB, o treinador teria recebido como resposta um “ok” do mandatário. Nos sete meses de trabalho, Roberto comandou o CRB em 32 jogos, com 13 triunfos, 15 empates e 4 derrotas, um aproveitamento de 56,5%. Na nota ele também desejou sorte a Marcelo Chamusca.

Veja abaixo:

 

Venho por meio desta esclarecer meu desligamento do CRB neste fim de semana. Após o jogo contra o Santa Cruz, recebi ainda no vestiário uma mensagem do presidente do clube me responsabilizando pela eliminação e postura da equipe dentro de campo e que faltou comando de minha parte. Após receber esta informação, argumentei que diante disso, não poderia ser mais útil ao clube (treinador sem comando, não é treinador) e recebi de retorno um “ok” do mandatário da instituição. Logo após comuniquei ao Rodrigo (diretor) e aos líderes do grupo de atletas, do fato ocorrido e da minha decisão, onde de forma digna, assumiram a responsabilidade do resultado, mas não havia mais clima de seguir…

Lamentei por acreditar muito no que vínhamos fazendo, mas mantenho a certeza que o melhor realizei junto com comissão e grupo de atletas.

Mais uma vez, desejo ao @crboficial bem como ao @marcelochamusca_ sorte e êxito em todos no que está por vir, como a Copa do Brasil, estadual e série B.

Obrigado a todos pelas msgs de apoio.

AVANTE!

Roberto Fernandes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE – FUTEBOL BAHIANO