Fernando Diniz diz que poder de criação do Flu ainda deve melhorar

Fernando Diniz diz que poder de criação do Flu ainda deve melhorar
LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

 

Conhecido por ser um técnico perfeccionista, Fernando Diniz acredita que o poder de criação do Fluminense está cada vez melhor. Embora ele tenha visto alguns problemas na marcação, acredita que o grupo está se encaixando bem no seu estilo de jogo e projeta melhoras para o futuro. Após a vitória sofre a Cabofriense, por 2 a 1, neste domingo, no Maracanã, o time tricolor seguiu líder do Grupo B da Taça Rio, com sete pontos, um na frente do Volta Redonda e abriu dois de distância para o Vasco.

“Nosso time está criando mais, porém, nós perdemos muitas chances e isso me incomoda. Nós poderíamos ter feito mais gols e ainda ter evitado o gol sofrido”, analisou Diniz, lembrando o que ele considera o ponto negativo do time. “Para mim, nós demoramos para recompor a marcação e demos chances aos contragolpes do adversário.

Como sempre, também foi inevitável comentar sobre o meia Paulo Henrique Ganso. Segundo Diniz, tudo está caminhando como estava previsto na sua chegada. “O Ganso teve uma evolução, mas tem tudo para melhorar ainda mais. É um jogador inteligente e criativo, genial com a bola nos pés”, enalteceu.

Não só Ganso, mas os outros jogadores estão se acostumando ao esquema de jogo implantando por Fernando Diniz. “Alguns jogadores foram adaptados ao sistema e , às vezes, o sistema de adapta a um jogador. É uma questão de treinamento”, concluiu.

O Fluminense agora vai enfrentar o Boavista, fora de casa, na quarta-feira, às 19h15, pela quarta rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estadão Conteúdo.