De olho em chance pelo cinturão, Cigano garante que vai bater em Derrick Lewis no UFC Wichita

De olho em chance pelo cinturão, Cigano garante que vai bater em Derrick Lewis no UFC Wichita
Foto: Evelyn Rodrigues

Quando enfrentar Derrick Lewis, no próximo sábado, na luta principal do UFC Wichita, Junior Cigano vai ter a oportunidade de embalar a terceira vitória consecutiva na organização e ficar próximo de uma nova disputa de cinturão. O oponente, terceiro colocado no ranking, gosta de provocar. O americano declarou que não “significa nada” enfrentar o brasileiro, que já foi campeão da categoria. Nada que abale Cigano.

– Ele é muito forte, tem um poder de nocaute incrível. Mas, tecnicamente, ele não é tudo aquilo, peca em algumas coisas… Tem que tomar muito cuidado, tomar cuidado o tempo todo. Mas ele gosta de falar demais. É um cara bastante polêmico, mas independentemente do que ele tem a dizer, ele vai tomar um bocado “disso aqui” – disse o brasileiro fechando a mão e fazendo o punho de luta.

Após perder para Stipe Miocic na disputa de cinturão dos pesados, em 2017, Cigano viveu um período afastado do octógono, após ser suspenso por doping. Conseguiu comprovar o uso de contaminação de substância e voltou a ação em 2018. Anotou triunfos sobre Blagoi Ivanov e Tai Tuivasa, que o colocaram na oitava posição no ranking da categoria.

– Eu já estou qualificado a lutar pelo cinturão, o que preciso é vencer quem está na minha frente no ranking. Mais uma ou duas vitórias eu acho que já devo estar lutando pelo título novamente. Eu quero enfrentar os melhores, os melhores dos melhores. E acho que essa pode ser uma grande oportunidade, o Lewis é bem ranqueado, uma boa vitória me coloca bem – disse ele.

A indefinição da categoria dos pesos-pesados, com o futuro incerto do atual campeão, Daniel Cormier – pode defender o título contra Brock Lesnar ou Stipe Miocic, ou vagar o cinturão para fazer uma trilogia contra Jon Jones no peso-meio-pesado – fez com que o brasileiro fizesse um apelo.

– Faço um pedido para você, Cormier: sei que você quer se aposentar, mas reconsidere, por favor, não se aposente antes de me enfrentar (risos). Para mim, Cormier é o cara da categoria, é com ele que eu quero lutar. Por isso eu peço que ele reconsidere. A minha intenção eh voltar ao cinturão . Eu sei de verdade, eu sei refazer de novo. E eu vou refazer – concluiu o brasileiro.

Fonte: Globoesporte