Com alagoana Marta, seleção feminina encerra participação em torneio amistoso nos EUA contra as anfitriãs

Seleção feminina encerra participação em torneio amistoso nos EUA contra as anfitriãs
Alagoano Marta, seis vezes escolhida melhor do mundo; Foto: Lauro Zago/CBF

A seleção brasileira feminina faz, nesta terça-feira de Carnaval, seu último jogo na She Believes Cup, torneio amistoso disputado nos Estados Unidos que serve de preparação para a Copa do Mundo. Depois de perder para Inglaterra e Japão nos dois primeiros jogos, a equipe comandada por Vadão encara as anfitriãs às 22h (de Brasília) no Raymond James Stadium, na cidade de Tampa, na Florida.

– Espero um jogo difícil, o perfil do torneio já era muito difícil. Inglaterra, Japão e Estados Unidos são todas favoritas ao título na Copa do Mundo. Os Estados Unidos, por tradição, são um time que pressiona muito e também têm um trio de atacantes muito bom e experientes, esse tem sido o ponto alto das americanas – analisou o técnico Vadão ao site da CBF.

Como só perdeu, a seleção brasileira ainda não pontuou e está sem chances de título. Os Estados Unidos, que empataram as outras duas partidas, por sua vez, precisa vencer e torcer para que não haja vencedor no duelo entre japonesas e inglesas – essa partida será mais cedo, às 19h25 (de Brasília).

– Precisamos melhorar em algumas coisas que pecamos demais, por exemplo, perder um jogo para o Japão de 3 a 1, da maneira como foi o jogo, é muito difícil, foram vacilos. Perdemos o poder de concentração. Precisamos ter mais atenção e estarmos ligados na partida, porque a pressão já está treinada, é eficiente. Assim como nós roubamos muito a bola, tomamos gol em detalhes. Nas finalizações, precisamos ter um pouco mais de eficiência, porque a gente cria situações e não estamos executando com eficácia – disse Vadão.

Fonte: Globoesporte