Bruno Silva é suspenso por seis jogos e desfalcará Fluminense

Bruno Silva pegou gancho grande no TJD
Bruno Silva pegou gancho grande no TJD – MAILSON SANTANA/FLUMINENSE

 

Mais uma derrota para o Fluminense no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ). Desta vez Bruno Silva foi julgado pela cusparada em direção à torcida do Vasco, no clássico em Brasília pela fase de grupos da Taça Guanabara, e punido com seis jogos de suspensão. Com a decisão, o volante só voltará a disputar o Carioca caso o Tricolor chegue à final da Taça Rio. O clube vai recorrer no Pleno.

Um dia antes do julgamento de Bruno Silva, Airton havia sido punido com dois jogos de suspensão pela expulsão contra o Vasco, e ainda precisará cumprir um. Além dos jogadores, o Fluminense foi punido em R$ 60 mil e o presidente, Pedro Abad, suspenso por 30 dias por causa da confusão na final da Taça Guanabara.

Em relação a Bruno Silva, ele foi denunciado em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): 254-B (cuspir em outrem) e 258  (assumir conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva). Flagrado por um vídeo amador cuspindo em direção a vascaínos na arquibancada do Mané Garrincha, em Brasília, , o volante poderia ter pego até 18 partidas de suspensão, mas a procuradoria desqualificou o artigo 258. Bruno Silva acabou punido com a pena mínima no artigo 254-B, após dois adiamentos do julgamento.

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE – O DIA