Apesar da vitória do Bayern de Munique sobre o Hertha Berlim, pelo Campeonato Alemão, o clima após a partida não foi dos melhores. Incomodado por ficar no banco e não ser aproveitado pelo técnico Niko Kovac, o lateral brasileiro Rafinha disparou contra o comandante.

– Não faço ideia do motivo (de não ser aproveitado). Eu sempre dou 100%, entrego meus serviços, mas ele não confia em mim. Eu não sei o que ele pensa. Eu joguei com Heynckes, Ancelotti e Guardiola. Não tenho ideia do motivo. O treinador sabe que vou sair no fim da temporada, talvez essa seja a razão, disse Rafinha em entrevista ao “Bild”.

Rafinha tem 33 anos e já defendeu a equipe alemã em 257 jogos, conquistando 18 títulos desde sua chegada, em 2011. Com contrato no fim, o jogador já negocia com outros clubes e não deve permanecer na equipe. Um dos principais interessados no futebol do jogador é o Flamengo.

O jogador lembra que o treinador pediu sua permanência no inicio da temporada, com a promessa de que o jogador atuaria em mais minutos, o que não vem acontecendo. O brasileiro aceitou a proposta e disse que só ficou porque nutre um amor pelo clube e pretende sair pela porta da frente.