O Corinthians entra em campo nesta quarta-feira, às 21h30, em Itaquera, para enfrentar o Avenida, do Rio Grande do Sul, e buscar uma vaga da segunda para a terceira fase da Copa do Brasil. Vacinada, a equipe de Fábio Carille espera não cometer o mesmo erro da fase passada, quando jogou mal contra o Ferroviário e só chegou à fase seguinte por ter a vantagem do empate jogando fora de casa. A meta é manter a concentração em nível alto.

No último jogo pela Copa do Brasil, o cenário era parecido: o Timão havia acabado de vencer o clássico contra o Palmeiras e acabou jogando mal a partida seguinte, no Estádio do Café, em Londrina. O jogo acabou em 2 a 2. Agora, chega para o “mata” da Copa do Brasil tendo vencido o São Paulo.

– Já tivemos uma lição muito grande contra o Palmeiras, quando, logo em seguida, tivemos muita dificuldade. Como já foi falado, é saber entender que todo jogo é importante, independente do adversário. É manter o nível de atuação, porque a gente sabe que fazendo isso a chance é grande de sair com a vitória – disse o lateral-direito Fagner, pouco depois do jogo contra o São Paulo.

Na tarde da última terça-feira, no CT Joaquim Grava, o equatoriano Junior Sornoza não soube explicar a queda de rendimento do Timão contra times menores. Questionado, o técnico Fábio Carille falou sobre o desafio de manter o nível de concentração alto para conseguir conquistar a vaga à próxima fase da Copa do Brasil.

– Em 10 anos de clube, você já sabe algumas coisas. Depois que você tem uma vitória dessa (Palmeiras) o próximo jogo é sempre complicado, porque você é um Deus, o melhor goleiro, o melhor atacante… Então, trabalhei bastante esse quesito. Mas, preciso rever meu trabalho para incentivar ainda mais – havia dito o treinador, após o jogo contra o Ferroviário, que terminou empatado.

O Timão entra em campo nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena, em Itaquera, para enfrentar o Avenida, pela segunda fase da Copa do Brasil. Diferente da primeira fase, o empate leva a decisão da vaga aos pênaltis. Antes, a equipe visitante tinha a vantagem de empatar.