O Palmeiras já anunciou cinco jogadores para 2019, mas a torcida aguarda ansiosamente pela confirmação da chegada de Ricardo Goulart. Em negociação avançada, o meia-atacante de 27 anos de idade deve ser emprestado por uma temporada pelo Guangzhou Evergrande (CHN). E atuando na China desde 2015, o provável reforço alviverde acumula ótimos números no período.

De acordo com levantamento feito pelo Footstats, Goulart participou diretamente de praticamente um gol por jogo na Ásia: 154 jogos, com 104 gols e 47 assistências. Ou seja, 151 gols tiveram atuação decisiva do jogador, que fez sucesso com Luiz Felipe Scolari na China.

Depois de já anunciar dois atacantes rápidos de lado de campo (Carlos Eduardo e Felipe Pires), o Palmeiras vê em Ricardo Goulart um meia com muita capacidade para entrar na área e finalizar, tanto de cabeça quanto com os pés. Ele é um sonho antigo no clube e foi bicampeão brasileiro no Cruzeiro com o diretor de futebol Alexandre Mattos.

A relação com o Palmeiras se estreitou quando o jogador tratou sua lesão no joelho na Academia de Futebol entre novembro e dezembro. Por conta do problema, ele deve perder os primeiros meses de 2019, último ano de seu contrato com o Guangzhou – o vínculo acaba em janeiro de 2020. A tendência é de que ele renove com os chineses antes de ser cedido ao Verdão.

Goulart está em férias no Brasil, e sua esposa, Diane, fez algumas brincadeiras nas redes sociais. Primeiro, mostrou o pedaço de um recado recebido num hotel em Ilha Bela (SP), pedindo para o jogador “assinar logo com o Palmeiras”. Depois, postou uma foto de Ricardo molhando uma palmeira no jardim.

Pelo lado do Verdão, não há nenhum comentário sobre a negociação, até para evitar contratempos. Mas é cada vez maior a tendência que o meia-atacante se junte a Matheus Fernandes, Zé Rafael, Carlos Eduardo, Felipe Pires e Arthur Cabral, os reforços outros confirmados para 2019.