São Paulo termina 2018 com saldo negativo e três vitórias em clássicos

FOTO – DJALMA VASSÃO/GAZETA PRESS

 

O São Paulo terminou a temporada de 2018 com o que comemorar quando levada em consideração a última temporada, na qual esteve ameaçado de rebaixamento. Porém, ao mesmo tempo, o sentimento que permeia o torcedor tricolor é de lamentação pelo nível que o time, ainda sob o comando de Diego Aguirre, atingiu mantendo por algumas rodadas a liderança do Campeonato Brasileiro, mas não conseguindo mantê-la, e pelo fraco rendimento diante de seus arquirrivais.

Em 11 clássicos disputados em 2018, o saldo é negativo e decepcionante, principalmente pelo baixo número de vitórias. Ao todo, foram apenas três triunfos, sendo dois deles contra o Corinthians, um pelo Campeonato Paulista e outro pelo primeiro turno do Brasileiro, e um diante do Santos, também pela primeira metade da competição nacional. Nos demais, foram dois empates e seis derrotas.

O rival que o São Paulo encontrou mais vezes na temporada foi o Corinthians, com um total de cinco partidas. E nem mesmo em um ano de altos e baixos do Alvinegro, o time do Morumbi se sobressaiu, com duas vitórias, duas derrotas e um empate.

Palmeiras e Santos estiveram frente à frente com o São Paulo o mesmo número de vezes: três. Contra o Peixe, foi um triunfo, um empate e uma derrota do Tricolor, enquanto contra o Palmeiras, campeão brasileiro, foram três revezes, um deles dentro do Morumbi, quebrando o jejum de 16 anos. No saldo, aliás, o Verdão marcou sete gols e o time são-paulino apenas um, na derrota do primeiro turno, Allianz Parque, por 3 a 1.

CAMPEONATO PAULISTA
O primeiro clássico do ano para o São Paulo foi contra o Corinthians, no Pacaembu, pela 4ª rodada do Paulista. E os times, na época comandados Fábio Carille e Dorival Júnior, fizeram um duelo intenso, de muitas chances para ambos os lados, mas de triunfo Alvinegro por 2 a 1 construído na etapa inicial, com gols de Jadson e Balbuena. Brenner descontou para os visitantes, mas foi insuficiente.

Na 8ª rodada, o Tricolor encontrou o Santos no primeiro clássico dentro do Morumbi na temporada. E as vaias ao apito final disseram muito sobre a derrota por 1 a 0, com gol marcado por Gabigol. Apesar do bom primeiro tempo, o São Paulo cedeu espaços na etapa final e acabou com o revés, que tornou o trabalho de Dorival ainda mais contestado.

Contra o Palmeiras, na 11ª rodada, o São Paulo teve novamente uma atuação muito ruim, que posteriormente custou o emprego de Dorival. O revés por 2 a 0 no Allianz foi construído pelo Verdão ainda na primeira etapa, e no período complementar o time do Morumbi não encontrou forças para reagir. Na semifinal, já com Diego Aguirre, o Tricolor venceu o Corinthians no primeiro jogo, mas foi derrotado na Arena no tempo normal, com um gol nos últimos minutos marcado por Rodriguinho, e nos pênaltis.

CAMPEONATO BRASILEIRO
Na competição nacional, o São Paulo perdeu apenas dois dos seis clássicos disputados. No primeiro que teve pela frente, venceu o Santos por 1 a 0 no Morumbi, pela sexta rodada, com gol marcado por Diego Souza. Na sequência, pela nona rodada, o Tricolor repetiu o mau desempenho já conhecido quando vai ao Allianz e saiu de campo derrotado por 3 a 1, de virada, em dia inspirado de Willian, autor de dois gols. Dudu também marcou e Edu Dracena fez contra, abrindo o placar.

No melhor momento do time comandado por Aguirre na temporada, logo após a Copa do Mundo, veio uma vitória com autoridade sobre o Corinthians, pela 14ª rodada. Em pleno Morumbi, o Tricolor contou com uma grande atuação de Reinaldo, autor de dois gols, e superou o rival por 3 a 1. Anderson Martins completou o triunfo, enquanto Jonathas diminuiu para o Alvinegro.

O período mais conturbado do São Paulo no Brasileiro coincidiu com os piores resultados em clássicos. No segundo turno, o Tricolor não venceu nenhum dos três jogos contra os rivais. Contra o Santos foi um empate sem empolgação por 0 a 0 na Vila Belmiro. Depois, diante do Palmeiras, um revés por 2 a 0 no Morumbi, quebrando o jejum de 16 anos de invencibilidade são-paulina.

Por fim, contra o time do Parque São Jorge, já na 33ª rodada, o São Paulo apenas empatou em 1 a 1. Mesmo com o Corinthians em seu pior momento na temporada e correndo riscos de rebaixamento, foi superior ao Tricolor do treinador uruguaio que, inclusive, foi demitido após a partida.

Confira os clássicos e os placares dos clássicos disputados pelo São Paulo em 2018:

27/01/2018 – Corinthians 2 X 1 São Paulo: gols marcados por Jadson e Balbuena (Corinthians) e por Brenner (São Paulo)

18/02/2018 – São Paulo 0 X 1 Santos: gol marcado por Gabriel

8/03/2018 – Palmeiras 2 X 0 São Paulo: gols marcados por Antônio Carlos e Borja

25/03/2018 – São Paulo 1 X 0 Corinthians: gol marcado por Nenê

28/03/2018 – Corinthians 1 (5) x 0 (4) São Paulo: gol marcado por Rodriguinho

20/05/2018 – São Paulo 1 X 0 Santos: gol marcado por Diego Souza

02/06/2018 – Palmeiras 3 X 1 São Paulo: gols marcados por Willian (2), Borja e por Edu Dracena (contra)

21/07/2018 – São Paulo 3 X 1 Corinthians: gols marcados por Reinaldo (2) e Anderson Martins (São Paulo) e por Jonathas (Corinthians)

16/09/2018 – Santos 0 X 0 São Paulo

6/10/2018 – São Paulo 0 X 2 Palmeiras: gols marcados por Gustavo Gómez e Deyverson

10/11/2018 – Corinthians 1 X 1 São Paulo: gols marcados por Ralf (Corinthians) e Brenner (São Paulo)

 

 

 

FONTE – GAZETA ESPORTIVA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *