Renan é eleito o melhor treinador de esportes coletivos de 2018

O vôlei brasileiro recebeu, nesta terça-feira (04.12), a notícia de sua sexta indicação no Prêmio Brasil Olímpico, a maior celebração do esporte brasileiro, realizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). O técnico da seleção brasileira masculina, Renan, foi o escolhido e será premiado como melhor treinador de esportes coletivos do ano de 2018 no evento que será realizado no dia 18 de dezembro, no Rio de Janeiro (RJ). Sob o comando de Renan, o Brasil foi vice-campeão mundial neste ano.

As outras indicações ao voleibol vêm através da dupla Ágatha/Duda (vencedora na categoria vôlei de praia e concorrente ao Troféu Atleta da Torcida), do levantador Bruninho, que também concorre ao Atleta da Torcida, e do ponteiro Douglas Souza, eleito o melhor jogador de vôlei de quadra do ano. Além deles, a ex-atleta Jackie Silva receberá uma homenagem especial, o Troféu Adhemar Ferreira da Silva por representar valores como coragem, espírito de liderança e eficiência.

Além da consagração do comandante neste seu segundo ano de trabalho com a seleção brasileira, Renan terá, ainda, a emoção de receber a premiação que, neste ano, passa a se chamar Troféu Bebeto de Freitas – em homenagem ao ex-técnico da seleção brasileira de vôlei, falecido neste ano. O troféu será entregue pelo filho do ex-treinador, Rico de Freitas.

“Tenho uma história longa e feliz com o Bebeto. Vi o Rico ainda um bebê e, sem dúvida vai ser um momento muito especial receber esse prêmio das mãos dele”, disse Renan, que complementou.

“Estou muito feliz com a escolha e, acima de tudo, grato. Preciso agradecer a minha família pelo suporte, a Confederação Brasileira pela missão que me foi confiada, ao COB por toda a parceria, e, claro, a comissão técnica e a todos os atletas que estiveram conosco no ano passado e nesse ano por todo empenho e dedicação. Em 2018 tivemos dificuldades e em momento algum essa comissão e esses jogadores deixaram de acreditar”.

O Troféu de Melhor Técnico Individual se chamará Troféu Jesus Morlán será entregue a e Fernando Possenti, técnico da nadadora Ana Marcela Cunha, ouro na Copa do Mundo de Maratona Aquática em 2018.

 

 

 

 

 

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *