River descarta jogar final da Libertadores em Madrid

River descarta jogar final da Libertadores em Madrid
REUTERS

River Plate emitiu um comunicado através de seu site oficial neste sábado (1), no qual descarta a possibilidade de jogar a final da Libertadores no estádio do Real Madrid.

A final entre River Plate x Boca Juniors estava marcada para o dia 9 de dezembro no estádio Santiago Bernabéu em Madrid.

No texto o River alega que a decisão de jogar a final na europa prejudica quem adquiriu entradas para assistir ao jogo.

Confira a nota do clube abaixo:

“A partir da apresentação feita ontem, sexta-feira 30 de novembro, antes da Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL), o River Plate confirma sua recusa em mudar de local. O Clube entende que a decisão distorce a concorrência, prejudica quem adquiriu a entrada e afeta a igualdade de condições da perda do fator local.

Seguem-se as razões pelas quais o River Plate apoia a posição acima mencionada:

– A responsabilidade pelo insucesso da operação de segurança no sábado, dia 24 deste mês, ocorrida fora do perímetro preparado para o evento, foi, além de pública e notória, assumida abertamente pelas mais altas autoridades do Estado. Isso equivale a dizer que os eventos que o River Plate lamenta – e pelos quais simpatizavam de maneira oportuna – não são responsabilidade do clube.

– Mais de 66 mil pessoas no estádio esperaram pacientemente por cerca de oito horas no sábado e voltaram ao estádio pela segunda vez no domingo. A esses mesmos espectadores agora são negados – injustificadamente – a possibilidade de testemunhar o espetáculo, em virtude da evidente diferença de custos e da distância do local escolhido.

– É incompreensível que o clássico mais importante do futebol argentino não possa se desenvolver normalmente no mesmo país que nos dias que correm um G20 se desenvolve. O futebol argentino como um todo e a Associação de Futebol Argentino (AFA) não podem nem devem permitir que alguns torcedores violentos impeçam o desenvolvimento do Superclássico em nosso país.”

 

 

 

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *