Aluno da rede estadual é convocado para ‘peneira’ da Confederação Brasileira

Michael e o professor Bruno Pessoa viajam para SP para acampamento de handebol
Michael e o professor Bruno Pessoa viajam para SP para acampamento de handebol

O estudante Michael da Silva Quintino vai participar do acampamento da Confederação Nacional de Handebol (CBHb), esta semana, em São Bernardo do Campo, São Paulo. Aluno da Escola Estadual de Ensino Integral Geraldo Melo, Michael será um dos três alagoanos presentes ao evento, de onde serão escolhidos jovens talentos para a seleção brasileira cadete de handebol (15 a 16 anos). Michael foi pré-selecionado em um acampamento regional promovido pela Federação Alagoana, junto a Arthur Henrique da Silva Oliveira, do Colégio Madalena Sofia e André Brol, do SEB.

O talentoso lateral esquerdo, um dos melhores atletas da sua faixa etária em Alagoas, viaja nesta terça-feira (27) acompanhado do professor Bruno Pessoa, ambos contando com o apoio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). O garoto, que antes jogava futsal, trocou a bola nos pés pela bola nas mãos ao perceber que tinha talento para o esporte. Desde então, não parou mais, tendo sido escolhido por duas vezes o melhor lateral esquerdo da competição.

“Estou muito feliz, é uma sensação incrível. Por meio do handebol, fiz muitas amizades e tenho o apoio de toda a escola: colegas, professores, direção. Somos uma família na Geraldo Melo”, afirma o garoto.

Nasce um time

A conquista de Michael anda lado a lado com a ascensão da Escola Geraldo Melo como uma das principais forças do handebol alagoano. Tudo começou no final de 2016, quando o professor Bruno Pessoa iniciou aulas da modalidade esportiva na instituição de ensino. Em menos de um ano, resultados expressivos já apareciam.

Desde então, a unidade coleciona títulos expressivos. Em 2017, venceu a 4a Copa Nikael Tenório; foi campeã da Copa Caetés, da Copa Dinâmico e do Alagoano de Handebol na categoria infantil masculino. Em 2018, os títulos incluem o vice-campeonato infantil (13 a 14 anos) e cadete da Copa Dinâmico e da Copa Caetés (modalidade infantil); o 1o lugar nos Jogos Estudantis de Alagoas (Jeal); o 1o lugar na Copa Fantástico com as equipes infantil e cadete; o bicampeonato infantil do Alagoano de Handebol e o primeiro lugar no Alagoano de Handebol Cadete.

“Fora de Alagoas, também tivemos resultados expressivos, como o 5o lugar nos Jogos Escolares da Juventude, em Natal, o vice-campeonato infantil masculina da Taça Campina Grande (o Norte/Nordeste de Handebol) e vice no Nordeste de Seleções onde jogamos contra equipes fortíssimas e com estrutura de clube, a exemplo do Piauí. Somos a única escola pública com atletas na seleção alagoana”, explica o professor Bruno.

Uma família

Bruno é mais do que um professor para os alunos. Por meio do esporte, trabalha valores como disciplina, espírito de equipe e poder de superação. A notícia de que Michael havia sido chamado para o treinamento em São Paulo emocionou a todos.

“Tenho uma relação muito próxima com meus alunos, algo que vai além da quadra. Temos muitos talentos e poder proporcionar momentos inesquecíveis em suas vidas por meio do esporte é uma sensação incrível”, conta Bruno.

Irineide Araújo, diretora-geral da Escola Geraldo Melo, é só sorrisos ao falar da equipe. Ela diz que os benefícios do handebol vão além do aspecto esportivo. “O handebol é estimulante e educativo para nossos alunos, trabalhando valores que fortalecem a união e que fazem com que tenham ganhos não só como atletas, mas também como estudantes e como seres humanos. Fora isso, casou perfeitamente com nossas atividades do ensino integral, que incluem o clube juvenil de esporte e a eletiva de esporte interativo”, avalia a gestora.

 

 

 

 

Fonte: Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *