Marcelinho Carioca é o novo diretor do Capital, clube do DF que vai disputar o Candangão

Marcelinho ao lado de jogadores e do técnico do Capital — Foto: Reprodução/TV Globo Brasília
Marcelinho ao lado de jogadores e do técnico do Capital — Foto: Reprodução/TV Globo Brasília

O Capital, clube do Distrito Federal que vai disputar o Campeonato Brasiliense em 2019, anunciou um reforço de peso para a diretoria: Marcelinho Carioca. Com 46 anos, o ex-meia e um dos maiores ídolos da história do Corinthians chega para assumir o cargo de diretor de relações institucionais e coordenar as divisões de base.

– Estou muito feliz de estar aqui em Brasília e poder vestir a camisa do Capital. Eu vim através do convite do presidente, que é meu amigo. Eu fui na sede, vi a estrutura, e a direção não está medindo esforços para dar toda a infraestrutura para o clube. E eu chego para somar com a minha experiência – disse o novo diretor do Capital.

Marcelinho Carioca colecionou títulos com a camisa do Corinthians, os principais foram a Copa do Brasil de 95, o bicampeonato Brasileiro em 98 e 99 e o Mundial de Clubes de 2000.

Porém, essa não será a primeira passagem dele pelo futebol da capital federal. Em 2005, o Pé de Anjo defendeu o Brasiliense na Série A do Brasileirão. O Jacaré contava com outros nomes de peso como Vampeta e Oséas, mas acabou rebaixado.

– O time ali estava muito pesado, com a idade muito avançada. Mas a passagem foi extremamente maravilhosa, porque tenho amigos aqui em Brasília e pude chegar hoje no Capital.

Aposentado desde 2010, Marcelinho Carioca até bateu bola com alguns jogadores do elenco profissional e mostrou a boa e velha desenvoltura nas cobranças de bola parada, mas ele sabe que o foco mesmo é revelar atletas.

– Vi que tem uma molecada com sede de bola. Eu tenho certeza que daqui do Capital vai sair muitos talentos e, quem sabe, de repente um atleta para envergar a camisa da seleção brasileira – contou.

A equipe do DF se reapresenta para a pré-temporada no dia 27 de novembro. O time é o atual campeão da segunda divisão estadual e leva no nome uma homenagem a banda de rock brasiliense Capital Inicial. Para 2019, o clube tem para o time profissional apenas a disputa do Campeonato Brasiliense, que começa no dia 26 de janeiro.

 Fonte: Globoesporte