Botafogo tenta fugir do Z4 em clássico contra o Flamengo

Botafogo e Flamengo fazem o clássico carioca da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro neste sábado, às 19h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). Ambos precisam do triunfo por objetivos distintos na temporada. O Rubro-Negro, que vem de um empate por 2 a 2 com o São Paulo, está na terceira colocação com 60 pontos e pretende encurtar a distância para o líder Palmeiras. Um triunfo no clássico garante matematicamente os flamenguistas na próxima Copa Libertadores. Já o Glorioso pretende pegar embalo depois da vitória de 1 a 0 sobre o Corinthians, também no Niltão, para afastar de vez o risco de queda para a Série B. O time soma 38 pontos, quatro a mais que o Vitória, que abre a zona de rebaixamento.

A Matemática está guiando os dois times na luta por seus objetivos. Zé Ricardo, comandante alvinegro, fala da necessidade de não deixar para a reta final a busca pelos pontos para afastar a degola. “Temos que trabalhar com a necessidade máxima de pontos para não corrermos riscos, mas não devemos ficar fazendo contas e pensando apenas nos próximos jogos. Se fizermos as nossas vitórias com certeza os adversários vão tropeçar e vamos nos aproximar dos nossos objetivos. O Botafogo neste momento está mais preocupado em encontrar um jeito de ganhar do Flamengo do que na pontuação em si”, afirmou o zagueiro Igor Rabello, do Botafogo.

No Flamengo, Dorival Júnior não quer ver seus comandados preocupados com pontuação. “Claro que queremos seguir brigando pelo título, mas temos que fazer a nossa parte, pois quando isso não acontece as coisas se complicam. Não podemos projetar números. Temos que ganhar os jogos”, afirmou o zagueiro Réver.

A partida vai ser disputada em alto grau de rivalidade. Na venda de ingressos o Botafogo demorou a vender para os flamenguistas a preços acessíveis e ainda fez promoção de ingressos para lotar a sua parte. Se teve um time que criou danos ao Flamengo este ano foi o Botafogo. Isso porque o Glorioso, no Campeonato Carioca, mesmo tendo um elenco mais frágil técnica e financeiramente, derrotou o adversário por 1 a 0 nas semifinais e mergulhou o rival em uma grave crise. Provocações envolvendo “cheirinho” vieram à tona, inclusive na comemoração do gol, anotado pelo meia Luiz Fernando. Além disso, os torcedores protestaram e o presidente Eduardo Bandeira de Mello se viu forçado a tomar medidas drásticas. Ele demitiu o técnico Paulo Cézar Carpegiani e até mesmo o diretor de futebol Rodrigo Caetano.

“O Flamengo está olhando para frente e tentando fazer uma reta final de Campeonato Brasileiro que seja muito positiva. Vamos em busca de seis vitórias e a primeira partida é o clássico contra o Botafogo. Estamos focados no que vai acontecer no sábado e não no que houve em outros jogos que ficaram para trás”, disse o meia Everton Ribeiro.

Já os botafoguenses não esquecem o passado recente e seguem no tom de provocação. “Espero poder marcar novamente e ajudar o Botafogo a conseguir esta importante vitória. Sabemos que o clássico é decidido no detalhe e que será um jogo muito difícil. Aquele gol foi um dos meus momentos mais marcantes com a camisa do Botafogo. Torço para que a gente volte a vencer”, disse Luiz Fernando, que viu o clube promover o jogo em redes sociais com sua foto e a legenda: “Cheiro de saudades”.

Em termos de escalação, o Botafogo terá o retorno de Luiz Fernando, que cumpriu suspensão contra o Corinthians e reaparece. Resta saber se Renationho ou Leonardo Valencia vai deixar o time para seu retorno. O volante Jean, que sentiu uma fisgada na coxa esquerda diante do Corinthians, foi vetado e abre vaga para Matheus Fernandes. Livre de dores na perna direita, o atacante Kieza fica à disposição e disputa o posto com Brenner.

Pelo lado do Flamengo, Dorival vai mais uma vez repetir o time que vem atuando. No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Maracanã e o Flamengo acabou levando a melhor, ganhando por 2 a 0. Matheus Sávio e Lucas Paquetá anotaram os gols do confronto.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ X FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10 de novembro de 2018 (Sábado)
Horário: 19h(de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Neuza Ines Back (Fifa-SC)

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso, Luiz Fernando e Leonardo Valencia (Renatinho); Erik e Brenner (Kieza)
Técnico: Zé Ricardo
FLAMENGO: Cesar, Pará, Réver, Léo Duarte e Renê; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Vitinho; Fernando Uribe
Técnico: Dorival Júnior

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *