Com casa cheia, Operário-PR recebe o Cuiabá na decisão da Série C

O Operário eliminou o Bragantino na semifinal (Foto: José Tramontin/OFEC)

O Operário recebe o Cuiabá, neste domingo, às 15h30 (de Brasília), no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, na primeira partida da final do Campeonato Brasileiro da Série C. Ainda invicto nos jogos disputados em casa, o time paranaense confia no retrospecto para abrir uma boa vantagem para a segunda partida que vai acontecer na próxima semana, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Um forte esquema de segurança foi montado pelas autoridades policiais para que o confronto ocorra sem problemas porque todos os ingressos foram vendidos e o clima na cidade é de entusiasmo pela perspectiva da conquista de um título inédito na história do clube. A arbitragem será de Leandro Vuaden(CBF-RS), com assistência de Jorge Eduardo Bernardi e Leirson Peng Martins (CBF-RS).

No Operário, existe muita confiança no sucesso da equipe na fase decisiva, em função do bom desempenho nas partidas disputadas em Ponta Grossa . O time paranaense disputou 20 partidas em seu estádio na atual temporada e ainda não perdeu. Venceu 16 jogos e empatou quatro. O Operário conquistou o título da série D no ano passado e quer repetir o feito, conquistando o troféu da terceira divisão e chegar com mais moral para disputar o Brasileiro da série B em 2019.

O técnico Gerson Gusmão vai ser obrigado a fazer mudanças em relação ao time que disputou a semifinal. Expulso contra o Bragantino, o lateral-direito Léo vai desfalcar a equipe. Danilo Baía deve ser o substituto. Em compensação, o volante Chicão, capitão e líder da equipe, está à disposição do treinador para o confronto, depois de cumprir suspensão. Gusmão tem pregado respeito ao Cuiabá que ele considera um adversário muito difícil e que pode complicar as intenções do Operário de conseguir uma boa vantagem dentro de casa.

No Cuiabá, o objetivo do técnico Itamar Schülle é conquistar, pelo menos, um empate na casa do adversário para jogar com mais tranquilidade a partida de volta na Arena Pantanal. Sob o comando do treinador. a equipe do Mato Grosso conquistou o título estadual de forma invicta, garantiu o acesso à série B e vai disputar a decisão do título da série C.

Schülle espera que o time mostre o mesmo rendimento do último jogo quando o Cuiabá equipe derrotou o Botafogo, em Ribeirão Preto, por 3 a 0, sem se importar com o mando de campo e a tradição da equipe paulista.

O técnico do Cuiabá tem dois problemas para armar a equipe. O atacante Bruno Sávio ainda não se recuperou de uma lesão muscular e segue vetado. Já o meia Hiltinho vai cumprir suspensão. O atacante Adriano Pardal que participou da partida diante do Botafogo, na semifinal, deve seguir no time e formar a dupla ofensiva com Jenison. Para a vaga no meio-campo, Doda é o mais cotado.

 

 

 

 

FONTE – GAZETA ESPORTIVA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *