Botafogo recebe o América-MG para vencer e espantar má fase

Fogão quer a vitória diante do Coelho para espantar a crise (Foto: Vitor Silva/SS Press/BFR)

 

Com 26 pontos conquistados e precisando se distanciar da zona de rebaixamento. Este é o Botafogo que recebe o América-MG neste domingo, às 11h00 (horário de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, em choque válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Glorioso, que vem de derrota de 1 a 0 no clássico carioca com o Fluminense, não ganha há três jogos e sabe que não pode adiar a reação.

O Coelho vive uma situação um pouco mais tranquila, pois soma trinta pontos. Porém, a ordem é se recuperar do empate sem gols com o Ceará em casa. O fato de o rival não estar tão pressionado é algo que preocupa o técnico Zé Ricardo e os jogadores do Botafogo.

“O América sabe da nossa situação e por isso mesmo vai tentar tirar proveito da situação. Vamos precisar jogar de maneira equilibrada, buscando a vitória, mas sem ceder espaços”, disse o volante Rodrigo Lindoso.

Justamente por conta disso que Zé Ricardo procurou trabalhar o aspecto psicológico de seus comandados. “Sabemos que a realidade do Botafogo neste momento é o de buscar a tranquilidade na pontuação. A pressão em um grande clube faz parte do uniforme do atleta e da comissão técnica. É nossa profissão. Tem que ter equilíbrio, calma. Solucionar problemas em casa – analisou Zé, que viu esta semana um grupo de torcedores tentar conversar com os jogadores e ser impedido pela diretoria”, afirmou o técnico.

Em termos de escalação o Fogão terá novidades. O lateral-direito Marcinho e o volante Gustavo Bochecha, revelados nas categorias de base do clube, cederão suas vagas, respectivamente, para Luis Ricardo e Leonardo Valencia. O chileno também faz parte das estratégias para melhorar a capacidade de criação do plantel. Outro que deve perder espaço e o volante Matheus Fernandes, outra cria da casa. Com dois meias de criação, Valencia e Luiz Fernando.

Assim, Zé Ricardo deverá optar por dois volantes mais marcadores. Assim, Jean, que cumpriu suspensão na derrota para o Fluminense, reaparece na vaga de Matheus Fernandes e vai compor o setor com Rodrigo Lindoso, que vai atuar de maneira mais recuada, protegendo os zagueiros.

Outra novidade em relação ao time que enfrentou o Flu é o retorno do zagueiro argentino Joel Carli, que cumpriu suspensão no clássico, reaparece na vaga de Marcelo Benevenuto e vai formar dupla com Igor Rabello.

No gol, porém, segue uma cria da base, já que Saulo permanece entre os titulares. Os dois mais experientes estão ainda sem condições de atuar. O paraguaio Gatito Fernández, que se recupera de lesão no punho esquerdo, e Jefferson, que sofreu um trauma no tórax, uma fratura da cartilagem tireoide, um edema nas cordas vocais e perdeu dois dentes ao se chocar com o volante Lucas Paquetá no clássico contra o Flamengo, no primeiro turno do Brasileirão, só devem ficar à disposição em outubro.

América testa novidades e espera Ruy contra o Fogão

O técnico Adilson Batista fez alguns testes antes do duelo contra o Botafogo. O principal deles é a utilização de Matheusinho com a camisa titular. O jovem não entra entre os 11 principais desde a série B de 2017, quando se lesionou gravemente.

Adilson novamente entrará com o time sem um homem de referência. Essa função ficará a cargo de Luan, mas não é a melhor maneira que o jogador atua. Ao lado dele, Matheusinho faz as vezes de homem velocista nas pontas.

O treinador ainda aguarda a possibilidade de contar com Ruy. O meia está fora há alguns jogos se tratando de uma lesão muscular. Caso entre em campo, Ruy conta com apoio de um bom retrospecto diante do clube da estrela solitária.

“Tenho um bom retrospecto contra eles e espero manter isso, mas sabemos que será um jogo diferente, começando pelo horário. Será uma partida difícil, eles possuem muitos jogadores de qualidade, mas também estão vivendo um momento de pressão. Trabalhamos forte nesta semana para chegarmos no Engenhão e conquistarmos um ótimo resultado”, disse.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X AMÉRICA-MG

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de setembro de 2018 (Domingo)
Horário: 11h00 (horário de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF) e Luciano Benevides de Sousa (DF)

BOTAFOGO: Saulo, Luis Ricardo, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Jean, Rodrigo Lindoso, Luiz Fernando e Leonardo Valencia; Erik e Kieza.
Técnico: Zé Ricardo

AMÉRICA-MG: João Ricardo, Norberto, Matheus Ferraz, Messias e Carlinhos; Leandro Donizete, David, Juninho, Wesley e Matheusinho; Luan
Técnico: Adilson Batista

 

 

 

 

 

Gazeta Press e do correspondente Marcellus Madureira – Rio de Janeiro e Belo Horizonte , RJ e MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *