Com defesa intacta há cinco jogos, Palmeiras mira marca de 2008

FOTO – FERNANDO DANTAS/GAZETA PRESS

 

 

A defesa palmeirense passou intacta pelas últimas cinco partidas. Diante do Bahia, pelas quartas de final da Copa do Brasil, a equipe comandada pelo técnico Luiz Felipe Scolari pode igualar uma marca inédita para o clube alviverde desde a temporada de 2008.

O Palmeiras não foi vazado nos confrontos com Paraná, Bahia, América-MG, Cerro Porteño e Vasco da Gama. Em 2008, sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, o time passou intacto diante de Cruzeiro, Vasco da Gama (duas vezes), Sport Ancash-PER (duas vezes) e Náutico.

“Vejo todo o mundo falando isso e é resultado de um trabalho bem-feito. Estamos treinando bastante para que aconteça e, graças a Deus, vem acontecendo. O Felipão pega a defesa e trabalha muito para que, nos jogos, tomemos menos gols”, explicou o lateral direito Mayke, titular nos últimos três duelos.

A série de cinco partidas consecutivas sem sofrer gols coincide com a saída de Roger Machado. Nos jogos contra Paraná e Bahia, disputados antes da chegada de Felipão, o time foi dirigido por Wesley Carvalho (treinador do sub-20) e Paulo Turra (auxiliar técnico), respectivamente.

“O Roger fazia um bom trabalho, tanto que o Felipão, quando chegou, disse que daria continuidade”, defendeu Mayke. “A primeira função dos laterais e zagueiros é marcar e ele fala muito isso. Tomando poucos gols, sabemos que os jogadores de qualidade que temos na frente podem decidir os jogos”, explicou.

Diante do Bahia, manter a defesa intacta não será suficiente, já que o Palmeiras avança no tempo normal apenas em caso de vitória, uma vez que ficou no empate sem gols na Fonte Nova. A partida tem início previsto para as 19h15 (de Brasília) desta quinta-feira, no Pacaembu.

 

 

 

 

Bruno Ceccon – São Paulo , SP

FONTE – GAZETA ESPORTIVA