Seleção corre contra o tempo para fechar transferências às vésperas da Copa

Com o objetivo de ficar totalmente voltada à Copa do Mundo, a seleção brasileira corre contra o tempo para definir todas as situações referentes ao mercado de transferências durante esta semana. Tite, que se mostrou incomodado com notícia de que ele teria tido uma rápida conversa com o Real Madrid, já estabeleceu a estreia do domingo que vem (17), contra a Suíça, como prazo final para o elenco fechar este tipo de questões.

Para isso, esta segunda-feira é um dia importante. Depois de desembarcar em Sochi, os jogadores têm agenda livre na cidade que abriga a seleção na Rússia: podem se encontrar com representantes, realizar exames ou até mesmo assinar algum contrato. Foi exatamente em janela idêntica que, há uma semana, Fred concluiu sua mudança para o Manchester United.

Agora, o caso que mais chama a atenção envolve o goleiro Alisson, titular da seleção e destaque da última temporada pela Roma. Ele tem o nome ligado a Liverpool, Real Madrid e Chelsea, mas estabeleceu para seus agentes que tudo precisa se resolver durante esta semana. Caso contrário, só após o Mundial. “Acredito que resolva, sim, antes da Copa. Se não resolver até o primeiro jogo, será só depois”, declarou o jogador.

Conforme Tite tem indicado, jogadores e seus representantes estão livres para, em conjunto com Edu Gaspar, alinhar situações pendentes de transferência. “Com os atletas e clubes, há muitos interesses que o Edu [Gaspar, coordenador] está organizando. Temos uma situação de lealdade e respeito. Procuramos acelerar o que for possível, como foi o Fred.

Buscamos fazer isso. E não omitir, falamos para ele [Fred] ir lá”, disse o comandante.
Além de Alisson, quem também tem o destino sob especulações é o próprio Tite. Entretanto, o treinador que tem contrato com a CBF até julho já deixou claro que seu tempo é diferente e situações referentes ao futuro serão definidas com o fim do Mundial. Como mostrou a De Primeira, o futuro presidente Rogério Caboclo já estabeleceu contatos com o representante do treinador para uma renovação por quatro anos, o que também é prioridade de Tite.

“É a minha palavra. Não entrei em contato com ninguém, Gilmar Veloz, meu empresário e meu amigo, não falou com ninguém. E tenho respeito muito grande ao local onde estou. E as responsabilidades e objetivos que ele tem. Muito cuidado”, alertou o treinador no último sábado (9).

Ao menos conforme indicam os noticiários, o único jogador em situação de transferência prestes a ocorrer é Alisson, embora Miranda também discuta uma renovação de contrato com a Inter de Milão e Neymar tenha seu nome ligado ao Real Madrid.

No caso do atacante, entretanto, a estratégia é distinta. A sequência no Paris Saint-Germain é prioridade de Neymar, que já se encontrou com o novo treinador alemão Thomas Tuchel nos últimos dias. Mesmo assim, a hipótese de se juntar ao Real não é descartada por seu estafe, que espera a Copa do Mundo.

 

 

 

 

Fonte: Uol Esporte