Goleira com leucemia se emociona durante tratamento e sonha com volta à seleção brasileira

Goleira mostra evolução na luta contra a leucemia
Goleira mostra evolução na luta contra a leucemia


Kleane Alves, goleira de 19 anos que já defendeu a seleção brasileira sub-20 no ano passado, precisou interromper a carreira para superar o maior obstáculo de sua vida. Em fevereiro, ela foi diagnosticada com leucemia e chegou a ser internada em estado grave. Foram 13 dias na UTI do Hospital Araújo Jorge, em Goiânia.

Recentemente, quase dois meses após o início do tratamento, Kleane recebeu alta e falou pela primeira vez sobre o drama. Emocionada, a jovem admite que é preciso ter muita força para enfrentar a doença e não desiste do sonho de ser jogadora e, quem sabe, de voltar para a Seleção.

– O que eu mais queria era poder dar um testemunho que mudasse a vida de muita gente porque é muito difícil. Você tem que ser mais forte do que você pensa. O futebol vai ser sempre minha paixão, minha vida. É mais difícil (voltar para a Seleção), mas não é impossível.

 Como perdeu 12 kg e ainda está debilitada devido a um quadro recente de pneumonia, Kleane precisa de uma série de cuidados especiais, sobretudo com a alimentação e a higiene. Por isso, a goleira, que precisou largar o emprego de atendente em um restaurante, fez uma rifa para tentar arrecadar recursos necessários para seguir à risca os cuidados que deve tomar no tratamento.

Drama

Após sentir dores na cabeça e mal estar, Kleane procurou ajuda médica no fim de 2017. O dianóstico preciso demorou a sair. Quando veio, pegou atleta e família de surpresa: Leucemia Mielóide Aguda.

Kleane é natural de Araguaína (TO) e joga pelo Aliança, em Goiânia, desde os 15 anos. Interessados em ajudar a goleira no tratamento podem entrar em contato com a produção da TV Anhanguera por meio do telefone 62 3250-1325.

FONTE – GLOBOESPORTE