Russel Dias
Santos (SP)
LANCE

O Santos está perto de ter o ataque considerado ideal. Mais precisamente antes do próximo clássico, que será contra o São Paulo, no dia 18, pela oitava rodada do Paulistão, no Morumbi. Na rodada anterior ao San-São, em que o Peixe enfrenta o São Caetano, na Quarta-Feira de Cinzas, o técnico Jair Ventura deverá ter à disposição Gabigol e Bruno Henrique.

O segundo se recupera de um trauma nos olhos, sofrido na primeira rodada, e tem o retorno programado para o dia 14 de fevereiro. O camisa 11 ainda perde o confronto com a Ferroviária, neste sábado.

Entretanto, Jair Ventura deverá promover a reestreia de Gabigol na próxima rodada. O treinador adiou a volta do camisa 10, que era esperada para acontecer no clássico contra o Palmeiras, na semana passada.

Na semana que antecedeu o clássico, Gabriel chegou a participar do jogo-treino contra o Água Santa por 20 minutos e fez um gol. Posteriormente, o atacante participou de todos os treinamentos com bola e chegou a ser destacar em um trabalho de finalização.

A tendência é que Gabigol tenha suas primeiras chances como centroavante, setor em que o Peixe tem tido problemas. Rodrigão, que iniciou o ano como titular, não agradou a comissão técnica, já Eduardo Sasha, a segunda opção, sofreu uma pancada na cabeça no clássico contra o Palmeiras, não preocupa, mas foi poupado da atividade de terça-feira. O camisa 27 deve ser titular contra a Ferroviária e, se tudo ocorrer conforme o planejamento da comissão técnica, Gabigol entrará no segundo tempo.

O Santos deve ter no sábado Vanderlei; Daniel Guedes, Bambu, David Braz e Caju; Renato, Matheus Jesus e Vecchio; Arthur Gomes, Rodrygo e Sasha (Gabigol).

Alison e Copete estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo, enquanto Luiz Felipe e Lucas Veríssimo tratam lesão.